sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Ciclo Industrial - Uma Cidade em 30 Anos - Exposição de Pintura de José Emídio e Conferência (Design)"Qual o papel do design nas estratégias de sucesso das empresas"




ANTÓNIO MESQUITA NO CICLO TEMÁTICO DO FUNDO LOCAL E OS SEUS AUTORES

Ontem, pelas 21h30  decorreu a sessão do Ciclo Temático "O Fundo Local e os seus Autores", desta vez dedicado a  ANTÓNIO MESQUITA, autor cuja obra faz parte do espólio que constitui o Fundo Local.

O autor apresentou a sua vasta e diversificada obra, alguma abordando a temática da história do calçado nas suas mais remotas origens, o que constitui um contributo enriquecedor para um maior conhecimento sobre este tema que muito honra a cidade.

António Mesquita nasceu no Peso da Régua em 1939 e vive em S. João da Madeira desde 1964, onde se fixou e ganhou raízes. Tem-se distinguido como Jornalista e Investigador Histórico e Biográfico. Tornou-se mais conhecido com a publicação da obra “Officio de Çapateyro in a irmandade dos S. S. Crispim e Crispiniano do Porto”, com a qual obtém o 1º Prémio do concurso da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto – Prémio Dr. Serafim Leite 1987 - Município de S. João da Madeira, em 1988. Publicou já uma vasta obra relacionada com a história e arqueologia da Indústria de Calçado.
Na investigação biográfica podemos referir a obra “Dois amigos – Correspondência Epistolar de dois escritores são-joanenses,” publicada em 1997, na qual se revelam as cartas trocadas entre 1935-1953 por dois sanjoanenses que vieram a deixar marcas na cultura da cidade – José Moreira e João da Silva Correia. É de referir também, neste campo temático, um trabalho sobre o Dr. Maciel Leite d’Araújo, que deu nome a uma rua desta urbe (Rua Dr. Maciel).




terça-feira, 16 de Setembro de 2014

CONVITE: Ciclo Temático "O Fundo Local e os seus Autores" - ANTÓNIO MESQUITA, 18 SETEMBRO, 21H30



A Biblioteca Municipal, convida-o a assistir à sessão do Ciclo Temático "O Fundo Local e os seus Autores - ANTÓNIO MESQUITA", autor cuja obra faz parte do espólio que constitui o Fundo Local, no próximo dia  18 setembro, pelas 21h30.

Desta forma, ao mesmo tempo que homenageia os seus autores, a Biblioteca Municipal pretende preservar a História e o Património documental de S. João da Madeira e torná-lo visível e acessível a toda a comunidade, valorizando assim uma importante parte da história da cidade, por intermédio daqueles que foram os documentos produzidos ao longo do tempo

António Mesquita nasceu no Peso da Régua em 1939 e vive em S. João da Madeira desde 1964, onde se fixou e ganhou raízes. Tem-se distinguido como Jornalista e Investigador Histórico e Biográfico. Tornou-se mais conhecido com a publicação da obra “Officio de Çapateyro in a irmandade dos S. S. Crispim e Crispiniano do Porto”, com a qual obtém o 1º Prémio do concurso da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto – Prémio Dr. Serafim Leite 1987 - Município de S. João da Madeira, em 1988. Publicou já uma vasta obra relacionada com a história e arqueologia da Indústria de Calçado.
Na investigação biográfica podemos referir a obra “Dois amigos – Correspondência Epistolar de dois escritores são-joanenses,” publicada em 1997, na qual se revelam as cartas trocadas entre 1935-1953 por dois sanjoanenses que vieram a deixar marcas na cultura da cidade – José Moreira e João da Silva Correia. É de referir também, neste campo temático, um trabalho sobre o Dr. Maciel Leite d’Araújo, que deu nome a uma rua desta urbe (Rua Dr. Maciel).

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

EXPOSIÇÃO DE PINTURA "RECONHECIMENTOS DA MEMÓRIA" DE ANA BRANDÃO

Na passada sexta-feira, dia 12 de Setembro, pelas 18h00, decorreu a inauguração da Exposição de Pintura "Reconhecimentos da Memória" de Ana Brandão. 

“Um primeiro olhar que fica retido na expansão de toda a imagem. Reconhece-se logo uma vontade de adicionar uma nova experiência, uma parte de mim que vi, uma memória"  é a frase que serve de mote a esta primeira mostra da artista sanjoanense.  

Ana Brandão nasceu em 1994, natural de São João da Madeira. Frequentou a Escola Artística Soares dos Reis e posteriormente a Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha onde ainda estuda. 

A Exposição estará patente na Sala Polivalente até ao dia 12 de Outubro, no horário da Biblioteca, de segunda a sexta-feira das 10h00 às18h30 e aos sábados das 10h00 às 13h00.